A história do Estádio Ponte Grande do Corinthians: Uma Viagem no Tempo

O Corinthians é um clube de futebol com uma história rica e emocionante, que se estende por mais de um século. Um dos momentos mais significativos em sua história foi a inauguração do Estádio Ponte Grande, em 1918. O local, construído com o esforço conjunto de associados, dirigentes e jogadores do clube, seria palco de grandes conquistas e emoções para os torcedores do Timão.

A inauguração do Estádio Ponte Grande

No dia 17 de março de 1918, o Corinthians inaugurou o Estádio Ponte Grande, com um amistoso contra o Palestra Itália. O jogo terminou empatado em 3 a 3, em um dia histórico para o clube. O local, localizado perto da Marginal do rio Tietê, teve a presença de dez mil torcedores.

O time mandado a campo naquele dia foi formado por Pizzocaro no gol, Reis e Spesani na zaga, Ravaccini e Ciasca nas laterais, Amílcar e Neco no meio-campo, Américo na ponta-direita, Basílio na ponta-esquerda e Bororó no ataque. Amílcar Barbuy era o técnico.

No primeiro tempo, Neco e Bororó marcaram para o Corinthians, enquanto Heitor descontou para o Palestra Itália. O Timão foi para o intervalo com a vantagem de 2 a 1. Na segunda etapa, Neco ampliou a vantagem, mas Heitor voltou a marcar duas vezes, deixando o placar empatado em 3 a 3.

A conquista dos títulos Paulistas no Ponte Grande

Nos anos seguintes, o Estádio Ponte Grande se tornaria o palco de grandes conquistas para o Corinthians. Em 1922, o clube venceu o Campeonato Paulista pela primeira vez, com uma vitória sobre o Palestra Itália por 4 a 0. O jogo foi disputado no Estádio Ponte Grande.

Nos anos seguintes, o Corinthians conquistaria mais dois títulos Paulistas no Ponte Grande, em 1923 e 1924, consolidando-se como uma das principais potências do futebol brasileiro.

A mudança para a Fazendinha

Em 1927, o Corinthians deixou o Estádio Ponte Grande e passou a mandar seus jogos na Fazendinha, o estádio do Parque São Jorge. O motivo da mudança foi a compra do terreno onde seria construída a sede do clube. A Fazendinha, que ainda é utilizada pelo Corinthians em jogos de menor porte, é considerada um dos estádios mais tradicionais do futebol brasileiro.

A história do Estádio Ponte Grande é um capítulo importante na história do Corinthians e do futebol brasileiro. O local, construído com o esforço de associados, dirigentes e jogadores do clube, foi palco de grandes conquistas e emoções para os torcedores do Timão. A inauguração do estádio, em 1918, marcou um momento histórico para o clube, que viria a se tornar uma das principais potências do futebol brasileiro.

Além de suas conquistas, o Estádio Ponte Grande também é importante na história do Corinthians por representar a luta e a união de seus torcedores e dirigentes para construir um espaço próprio para o clube. A construção do estádio foi uma verdadeira obra de amor e dedicação, um símbolo da paixão que o Corinthians inspira em seus torcedores.

Hoje em dia, o Estádio Ponte Grande já não existe mais, tendo sido demolido décadas atrás. No entanto, sua memória vive nos corações dos torcedores do Corinthians, que ainda se emocionam ao lembrar das grandes conquistas e das emoções vividas no local.

Símbolo da paixão

Para além do Corinthians, o Estádio Ponte Grande também é importante na história do futebol brasileiro como um todo. Como um dos primeiros estádios de futebol do país, ele representou um marco na popularização do esporte em território nacional, ajudando a consolidá-lo como uma das principais paixões dos brasileiros.

Em um país onde o futebol é tão importante, é essencial que sua história seja preservada e valorizada. A história do Estádio Ponte Grande é uma parte essencial da história do Corinthians e do futebol brasileiro, e merece ser contada e recontada para as próximas gerações.

Em resumo, o Estádio Ponte Grande é um símbolo da paixão e da dedicação dos torcedores do Corinthians, além de ser um marco na história do futebol brasileiro. Suas conquistas, emoções e memórias vivem até hoje, no coração dos torcedores do Timão, que se orgulham de fazer parte de uma das torcidas mais apaixonadas e engajadas do mundo.

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.