A trajetória atípica de Richard Ríos: do futsal para o futebol de campo

O Palmeiras anunciou Richard Ríos como sua primeira contratação de 2023. O meio-campista chega ao Verdão com uma história atípica no esporte e é capaz de cumprir mais de uma função na equipe de Abel Ferreira.

Do futsal para o futebol de campo

Muitos jogadores do futebol brasileiro têm o futsal como base para o futebol, mas Richard Ríos migrou das quadras para os gramados há poucos anos. Sem muitas oportunidades no futebol de campo, o jogador colombiano seguiu carreira no futsal até os 18 anos, quando foi descoberto pelo Flamengo durante a Liga Sul-Americana de Futsal Conmebol Sub-20.

Adaptação tranquila ao futebol de campo

Captado para atuar pelo sub-20 do Flamengo, Richard Ríos teve o aval para seguir os últimos passos antes da profissionalização no Rubro-Negro. Em 2020, o jogador realizou também as suas primeiras partidas pela equipe profissional do Flamengo. Apesar da rápida adaptação aos gramados, Ríos não conseguiu espaço no estrelado time do Flamengo. Assim, em 2021, fez apenas quatro jogos pelo profissional. Já no ano passado, o colombiano acabou emprestado para atuar pelo Mazatlán, do México, e foi contratado em definitivo pelo Guarani depois de encerrar o seu vínculo com o Flamengo.

Peça fundamental do Guarani no Paulistão

Pelo Bugre, o jogador teve boa participação na Série B do Campeonato Brasileiro, mas se destacou mesmo no início da atual temporada, com as atuações no Paulistão. Peça fundamental da equipe de Campinas, disputou 11 jogos na campanha do estadual, todos eles como titular. No total, o colombiano marcou dois gols e foi o principal ladrão de bolas do time, com 25 desarmes.

Capacidade de cumprir mais de uma função no meio de campo

Richard Ríos foi contratado para reforçar o setor de meio de campo do Palmeiras, que perdeu Danilo no início da temporada e viu Atuesta sofrer lesão grave no joelho direito. Uma das características do jogador que chamaram a atenção do Palmeiras e outros clubes é a possibilidade de cumprir mais de uma função no meio de campo. Pela sua capacidade de desarme, o colombiano pode atuar como primeiro volante, em uma zona de mais imposição física. Com 1,85m, ele ainda pode ter papel importante nas disputas aéreas. Contudo, Ríos tatua primordialmente em uma faixa mais avançada do ataque. Como segundo volante, o colombiano tem intensidade e boa leitura de espaço para atacar os espaços nas linhas de defesa do adversário. Com a técnica natural de quem se formou no futsal, o jogador também ajuda na circulação da bola, com precisão no passe e dinâmica com a bola.

Saiba mais : https://golpaulista.com/palmeiras-conhece-seus-adversarios-na-libertadores/

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.