Conselho aprova empréstimos para o São Paulo

O São Paulo encerrou 2022 com mais de dez captações de dinheiro em instituições financeiras. Na última terça-feira (21), o Conselho Deliberativo aprovou quatro novos empréstimos bancários com três instituições financeiras diferentes. Segundo o clube, há sempre uma verba pré-aprovada de empréstimo por ano para isso.

Sem divulgar os valores das transações, pessoas próximas à gestão de Julio Casares não descartam que os empréstimos ajudem o clube a fechar os cinco reforços planejados para as disputas do Campeonato Brasileiro e copas do Brasil e Sul-Americana.

A gestão Casares encerrou 2022 com mais de dez empréstimos bancários feitos, arrecadando pelo menos R$ 84 milhões. Esse montante ainda é uma estimativa, já que pelo menos três dessas antecipações de valores não tiveram o montante revelado pelos poderes são-paulinos.

Segundo o orçamento financeiro divulgado pelo clube no início do ano, já estava prevista a realização de pelo menos R$ 120 milhões pelo clube. A proposta orçamentária apresentada por Casares para este ano apontou que o faturamento do clube em 2023 está projetado em R$ 650 milhões, 17% acima dos R$ 540 milhões previstos inicialmente.

Venda de jogadores

Para a temporada 2023, o São Paulo prevê a necessidade de angariar R$ 135 milhões em vendas de jogadores. No que diz respeito aos reforços, o investimento também estará limitado para o Tricolor: apenas R$ 19,3 milhões com luvas e compra de direitos envolvendo novos atletas.

Os números de 2022 estão para serem fechados com superávit, o primeiro desde 2018. O balanço completo está previsto para ser divulgado em abril.

Saiba mais : https://golpaulista.com/copa-do-brasil-pode-ser-a-salvacao-financeira-do-sao-paulo/

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.