Corinthians mantém estratégia de contratações

Filosofia corintiana é contratar peças diferentes do que a equipe já possui

O Corinthians não deve mudar sua estratégia de contratações mesmo com a ampliação do prazo para negociações entre equipes brasileiras. O clube alvinegro mantém sua filosofia de contratar somente peças diferentes do que a equipe já possui. O objetivo é ter substitutos à altura de Renato Augusto e Yuri Alberto, principalmente do primeiro, que não possui regularidade nas atuações, por conta de problemas físicos e da idade avançada.

Mercado do interior de São Paulo não empolga estafe corintiano

O mercado do interior de São Paulo, após a disputa do Paulistão, também não empolga o estafe corintiano. O único atleta que chamou a atenção do clube alvinegro foi Chrystian Barletta, que se destacou pelo São Bernardo e foi contratado por R$ 6 milhões. O Timão não buscou qualquer outro jogador de equipes “caipiras”, apesar de uma avaliação positiva do volante Richard Ríos, que disputou o Estadual pelo Guarani.

Contratações anteriores supriram carências da equipe

O Corinthians contratou outros dois atletas para esta temporada: o lateral-esquerdo Matheus Bidu e o atacante Ángel Romero. Ambos foram adquiridos antes do início do Paulistão e por conta de carências que a equipe tinha: um substituto para Lucas Piton, vendido para o Vasco, e também para Gustavo Mosquito, que sofreu uma grave lesão no joelho no fim do ano passado. Ainda que Romero não esteja exercendo a mesma função, mas por conta das opções táticas do técnico Fernando Lázaro.

Fator financeiro delicado também influencia nas negociações

Além da avaliação da diretoria sobre as opções no futebol nacional, o fator financeiro delicado também influencia nas negociações do Corinthians. O clube não está disposto a fazer grandes investimentos neste momento, principalmente após a contratação de jogadores como Roger Guedes e Giuliano, que elevaram a folha salarial do elenco. A ideia é manter a cautela financeira e buscar peças pontuais e com custo-benefício interessante.

Mesmo com a ampliação do prazo para negociações entre equipes brasileiras, o Corinthians mantém sua estratégia de contratações para esta temporada. O clube alvinegro busca peças diferentes do que já possui no elenco e mantém a cautela financeira, o que limita suas opções no mercado nacional. As contratações anteriores supriram carências da equipe, mas ainda há espaço para reforços pontuais.

Saiba mais : https://golpaulista.com/quem-sera-o-proximo-presidente-do-corinthians/

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.