Crise no São Paulo: Lesões e Reformulação no Departamento Médico

O São Paulo vive um momento difícil, com a eliminação no Campeonato Paulista e uma grande crise interna causada por lesões em seus jogadores. Ainda assim, há dúvidas se o gramado sintético do Allianz Parque, onde o time sofreu várias contusões, é o responsável pelos problemas físicos.

Gramado sintético não é necessariamente o problema

Embora muitas lesões tenham ocorrido em partidas realizadas no Allianz Parque, a fisioterapeuta Stella Nannini aponta que as partidas em que os jogadores se machucaram tinham uma alta demanda física e emocional. Ela também diz que não há consenso sobre o maior índice de lesões no futebol em gramado artificial.

Efeito cascata de lesões

O São Paulo tem sofrido com um efeito cascata de lesões, o que significa que as lesões de alguns jogadores podem afetar negativamente a performance de outros. No último jogo, sete jogadores do time estavam indisponíveis por lesões, o que sobrecarrega aqueles que estão saudáveis.

Reformulação no departamento médico

Coincidentemente ou não, o clube decidiu fazer uma reformulação em seu departamento médico, que agora é chamado de Divisão de Excelência Médica (DEM) Plus. O departamento foi equipado com aparelhos mais modernos para auxiliar na recuperação dos jogadores.

A crise no São Paulo não se deve apenas à eliminação no Campeonato Paulista, mas também ao alto número de lesões em seus jogadores. Embora algumas das lesões tenham ocorrido em partidas realizadas no Allianz Parque, não há consenso sobre se o gramado sintético é o responsável pelos problemas físicos. O efeito cascata de lesões também tem afetado negativamente a performance do time. A reformulação no departamento médico pode ajudar a melhorar a situação e evitar que os jogadores sofram tantas contusões no futuro.

Saiba mais em : http://Golpaulista.com

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.