Maradona no Morumbi: um amistoso marcante para o São Paulo e para o futebol brasileiro

Em 26 de março de 1993, Diego Armando Maradona jogou no Morumbi pela primeira e única vez, em um amistoso entre o São Paulo e o Sevilla, seu então clube. Confira algumas curiosidades sobre a passagem do craque argentino pelo estádio:

A iniciativa do jogo

A partida foi promovida como jogo de entrega das faixas do título mundial de 1992 ao São Paulo, mas foi iniciativa de uma empresa do próprio Maradona, a Diarma.

A estadia em São Paulo

Maradona e seus companheiros de Sevilla ficaram hospedados no Hotel Brasilton, no centro de São Paulo, e o argentino concedeu uma entrevista coletiva em que disse que toparia atuar por um clube brasileiro.

O cachê para o São Paulo

Para marcar o jogo do Morumbi, a empresa de Maradona ofereceu ao São Paulo um cachê de 80.000 dólares. Os brasileiros ficariam também com a arrecadação da bilheteria e os direitos de transmissão para o próprio país.

A atuação discreta em campo

Maradona estava fora de forma, segundo admitiu o próprio treinador do Sevilla, Carlos Bilardo. Tanto Bilardo como Maradona vinham sendo criticados na Espanha e o craque teve uma atuação discreta em campo. Quem se destacou na partida foi Raí, que marcou os dois gols da vitória do São Paulo por 2 a 0.

Apesar de ter tido uma atuação discreta em campo, Maradona deixou sua marca na história do Morumbi e do futebol brasileiro. Sua passagem pelo Brasil, mesmo que breve, foi marcante e reforçou a admiração que os torcedores brasileiros tinham pelo craque argentino.

Saiba mais : https://golpaulista.com/sao-paulo-reduz-divida-em-r-26-milhoes-no-inicio-de-2023/

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.