Os bastidores conturbados do Corinthians com Vítor Pereira como técnico

O Corinthians tem um passado de sucesso, mas também de turbulência. E essa história recente tem um capítulo protagonizado por Vítor Pereira, atual treinador do Flamengo. O ex-auxiliar do clube, Alex Meschini, trouxe à tona novos detalhes dos bastidores do Timão com o português no comando.

Meschini acredita que o principal problema no ambiente foi a “poda” a nomes do elenco como Renato Augusto. O jogador chegou a reclamar de ter ficado fora da Copa do Mundo do Catar por causa disso. Pereira teria sido bem claro em suas decisões, chegando a afirmar abertamente que alguns jogadores não conseguiam jogar dois jogos seguidos.

O impacto nas relações dos jogadores

As decisões de Pereira tiveram um impacto significativo nas relações dos jogadores. Ele deixou claro que alguns jogadores não podiam jogar juntos, o que gerou um baque no ambiente do elenco. Um jogador, cujo nome não foi revelado, chegou a afirmar que Pereira o impediu de ir para a Copa do Mundo.

Renato Augusto, um dos jogadores mais afetados pelas decisões de Pereira, teve um desempenho misto no período em que o técnico esteve no comando do Corinthians. Em 2022, ele disputou 50 jogos, marcando cinco gols e dando sete assistências. Já em 2023, foram dez jogos, um gol e três assistências.

Mesmo após a saída de Pereira do Corinthians, os problemas persistem. Fagner, Róger Guedes e Giuliano já falaram abertamente sobre os problemas que tiveram com o treinador. Andrés Sanchez, ex-presidente do clube, também comentou sobre um encontro com o ex-treinador nesta semana.

O legado de Pereira no Corinthians certamente não foi positivo. Sua gestão foi marcada por decisões controversas que afetaram o desempenho do time e o ambiente do elenco. Resta agora ao clube olhar para o futuro e buscar se reerguer após essa turbulência.

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.