Os desafios de Carlitos Tevez no Corinthians: superando as dificuldades e conquistando títulos

Carlitos Tevez é um ícone do futebol mundial, com passagens marcantes por clubes como Boca Juniors, Manchester United e Juventus. No entanto, sua passagem pelo Corinthians não foi das mais fáceis. Em uma entrevista recente à ESPN da Argentina, o ex-jogador relatou alguns dos desafios que enfrentou durante sua passagem pelo clube brasileiro.

Tevez foi um dos primeiros argentinos a jogar pelo Corinthians, o que naturalmente gerou uma grande expectativa e pressão sobre ele. Segundo o próprio jogador, ele era mais cobrado do que os brasileiros e muitas vezes se sentia isolado no vestiário. “Era o primeiro argentino em um vestiário em que te cobravam mais, não era fácil. Todos me olhavam de canto”, disse o ex-atacante.

Além disso, Tevez também enfrentou alguns problemas de relacionamento com seus companheiros de equipe. Uma das confusões mais conhecidas foi uma briga com o zagueiro Marquinhos durante um treino. Tevez explicou que a briga aconteceu porque ele foi levantado por Marquinhos, o que o deixou irritado.

No entanto, Tevez conseguiu superar esses desafios e se tornar um líder dentro do elenco do Corinthians. Com suas atuações em campo, o argentino conquistou a confiança de seus colegas e ajudou o clube a conquistar o título brasileiro em 2005, sendo eleito o melhor jogador da competição.

Mas não foi só dentro de campo que Tevez mostrou sua liderança. Em uma partida contra o Palmeiras, o jogador pediu ao presidente do Corinthians para dobrar o prêmio caso o time saísse vencedor. “Os caras estavam gostando. Começamos a ganhar o dobro ou o triplo do prêmio com aquela equipe”, lembrou Tevez.

Hoje, aos 39 anos, Tevez se aposentou dos gramados e se tornou treinador, embora esteja sem clube no momento. Sua passagem pelo Corinthians pode não ter sido fácil, mas certamente ajudou a moldar o jogador e o líder que ele se tornou ao longo de sua carreira.

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.