São Paulo Futebol Clube: Lesões, um obstáculo constante nas últimas temporadas

Lesões, lesões…e mais lesões. Essa tem sido a realidade do torcedor do São Paulo nas últimas três temporadas. É um verdadeiro desafio acompanhar o clube e seus jogadores, que acumulam dezenas de ausências a cada jogo, complicando cada vez mais a vida do técnico Rogério Ceni.

Atualmente, a recuperação de atletas lesionados tem sido o grande problema do clube, com muitos não saindo do Reffis ou então saindo de lá direto para a mesa de cirurgia. A situação tem sido tão crítica que, para as quartas de final do Campeonato Paulista contra o Água Santa, na próxima segunda-feira, podem ser cerca de 10 desfalques para Rogério Ceni.

O São Paulo tem enfrentado dificuldades em lidar com as lesões, mas tem tomado medidas para melhorar a situação. Em 2021, Casares rebatizou o setor de Divisão de Excelência Médica (DEM), adicionando o “Plus” ao nome do antigo Reffis, além de ter trazido aparelhos mais modernos para o departamento.

Mas a decisão de uma cirurgia ou não é sempre tomada com muita responsabilidade e em conjunto com a área médica, a preparação física, a fisiologia, fisioterapia e o próprio atleta. O objetivo é sempre tentar a recuperação sem a necessidade de uma cirurgia, caso seja possível.

No entanto, muitos jogadores têm passado por cirurgias mesmo após tentarem o tratamento convencional. É o caso de Diego Costa, Luan, Rafinha e Igor Vinícius, por exemplo.

Além disso, a falta de jogadores em campo tem afetado o desempenho do time, que precisa de todos os atletas aptos a treinar e jogar para render o seu melhor. A concorrência maior e a qualidade maior só serão possíveis quando todos estiverem nas melhores condições.

Enquanto isso, o São Paulo segue enfrentando as lesões e buscando soluções para melhorar a situação. O torcedor fica na expectativa de ver seus jogadores favoritos em campo, esperando que a equipe possa superar as adversidades e conquistar novas vitórias.

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.